// VINHETA FINAL DE ANO 2017 | FELIZ NATAL E ANO NOVO!

// PLAYLIST DO MÊS | DEZEMBRO // FERNANDO WISSE

DE VOLTA AO PASSADO | "Assista Poder sem Limites. Sério."




O post que eu vou trazer de volta hoje é sobre um dos meus filmes preferidos que tive a oportunidade de ver em Fortaleza, na época em que o cinema da minha cidade passava por reformas. Um dia, quem sabe, eu fale melhor sobre o porquê de adorar tanto esse trabalho do Josh Trank, já que o último longa dele foi a "bomba" do "Quarteto Fantástico". Enfim, saca:


ESSE POST FOI ESCRITO ORIGINALMENTE EM 24 DE MARÇO DE 2012.

"Alô você que gosta de filmes! Vá correndo ao cinema e veja Poder sem Limites, se é que ainda não assistiu.

Eu tive a oportunidade de ver em Fortaleza no sábado passado e gostei muito do longa. Na verdade, achei genial. O diretor teve sacadas ótimas no decorrer da história e foi tão inteligente que conseguiu pegar um gênero super criticado que são os filmes feitos no estilo documentário, com câmeras comuns, e transformou num longa surpreendente elogiadíssimo pela crítica.

Tudo começa quando três amigos ganham superpoderes após entrarem em contato com uma substância misteriosa. No início, eles usam os poderes para brincar com as pessoas, mas o tempo vai passando e eles começam a assumir mais responsabilidades. Adquirem senso de imortalidade e impunidade. E a partir daí vão procurar se controlar, embora um dos três, Andrew, não consiga..."

Comentários