// VINHETA FINAL DE ANO 2017 | FELIZ NATAL E ANO NOVO!

// PLAYLIST DO MÊS | DEZEMBRO // FERNANDO WISSE

JOÃO WILL | CARIRI | #DICA11DOPROGRAMANOITEADENTRO

Imagem: Google


 Você que acompanha todas as minhas dicas, neste maravilhoso blog (beijo, mãe), deve lembrar que, há não muito tempo, eu mencionei a decadência do estilo paródia no cinema. No entanto, olha aqui eu te trazendo um paródia recente! (a vida tem dessas)
 They Came Together, de 2014, brinca com comédias românticas com um elenco sensacional e merece sim ser assistida. A história tem uma pegada leve, um humor que vai do bobo ao nonsense (eu amo) e várias críticas ao gênero. O filme é propositalmente cheio de furos no roteiro (personagens simplesmente desparecem ou aparecem sem nunca terem sido mencionados, é maravilhoso) e imensamente exagerado.
 O mais legal de tudo é: o longa exagerou tanto nas brincadeiras com o gênero comédia romântica que acabou por se tornar uma. Você começa a assistir pra rir, mas quando percebe, está amando a história absurda sobre o romance dos dois personagens principais.
 E aparentemente isso foi proposital. Você percebe pelo pôster. Uma boa e velha foto do casal protagonista se olhando com amor e sorrindo. Até a tradução que o título recebeu quando veio pro Brasil reflete isso. Normalmente, uma paródia recebe um título meio pastelão, mas They Came Together (um trocadilho em inglês. Poderia ser traduzido como "Eles Chegaram Juntos", mas "Came" também significa gozar) virou, no Brasil, Encontros e Desencontros do Amor.

 Bem fofo, né? É.


 *They Came Together (2014) está na Netflix

Comentários